coluna Xadrez

Servidores da prefeitura de Goiânia receberão data-base

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em 11 de abril de 2021
Ficou definido que a revisão geral dos salários do funcionalismo contemplará os anos de 2020 e 2021, a partir de maio - Ilustração: Takeshi Gondo

Venceslau Pimentel

Depois de ficarem sem o pagamento da data-base, em 2020, os servidores da prefeitura de Goiânia vão contar com o benefício, este ano, por decisão do prefeito Rogério Cruz (Republicanos). Ele antecipou o fato ao presidente da Câmara, Romário Policarpo (Patriota), em reunião na quarta-feira, tendo como testemunhas representantes do sindicato da categoria. Ficou definido, conforme disse o prefeito, que a revisão geral dos salários do funcionalismo contemplará os anos de 2020 e 2021, a partir de maio. No entanto, para manter o equilíbrio das contas da prefeitura, o pagamento será parcelado, resultado de um acerto com a Secretaria Municipal de Finanças. 

Já é lei 

Depois da aprovação pela Câmara de Goiânia, o projeto que institui o programa Renda Família foi sancionado pelo Executivo. A partir de março, cerca de 50 mil famílias serão contempladas com auxílio mensal no valor de R$ 300. 

Prestígio 

Em seu primeiro mandato de deputado federal por Goiás, o líder classista José Mário Schreiner (DEM) ganha destaque ao ser escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro como vice-líder na Câmara Federal. 

Conselheiro

Depois de ratificar que o MDB vai continuar como oposição ao governo estadual, o presidente da legenda, Daniel Vilela, visitou ontem ex-prefeito Iris Rezende, onde recebeu incentivo do líder emedebista. 

 

Enrascada 

Menos de dois meses após assumir a prefeitura de Luziânia, o democrata Diego Sorgatto está numa enrascada, depois que o Ministério Público Eleitoral desaprovou as contas de campanha dele. Sorgatto terá que devolver aos cofres públicos mais de R$ 400 mil. 

 

Anel viário 

Está marcada para os próximos dias uma audiência pública para discutir a construção do anel viário de Goiânia, por iniciativa da vereadora Sabrina Garcêz (PSD). O presidente do Secovi-GO, Ioav Blanche, diz que o debate será no auditório da Acieg. 

Encampou 

A retomada do anel viário foi defendida por Maguito Vilela, durante a campanha eleitoral, agora encampada pelo prefeito Rogério Cruz. 

Novo canal 

Para evitar fraudes na vacinação, o vereador Ronilson Reis defende que a Câmara crie um canal de atendimento ao cidadão para receber denúncias, vídeos e fotos de eventuais irregularidades na vacinação contra Covid-19. 

Fura-fila 

Por falar em punição, a Câmara aprovou projeto que tipifica os crimes de infração do plano de imunização da Covid-19, peculato de vacina e corrupção em plano de vacinação. 

CURTAS 

- Dos órgãos públicos em Goiás, apenas o Governo, prefeitura de Goiânia e Alego não decretaram ponto facultativo no Carnaval. Judiciário, MP e TRE decidiram preservar o feriadão, como em anos anteriores.

Marcas das gestões de Iris Rezende, os mutirões podem entrar no calendário municipal, se a Câmara aprovar projeto do ex-vereador Tiãozinho Porto. 

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar